Os nossos gatinhos estão para adoção responsável e são entregues segundo as regras da adoção.

  • Os gatos devem ser entregues na residência do adotante, de forma a verificar as condições e os animais com que o adotado vai conviver.
  • O novo membro da família devera ter sempre a sua disposição água e deverá ser alimentado com comida sólida.
  • O adotado deverá ter acesso aos cuidados de saúde, em caso de doença e o adotante não tiver disponibilidade financeira, deverá comunicar a associação tal situação.
  • O adotante têm de assinar um contrato de cedência (adoção) com os seus dados.
  • O adotante poderá ter de pagar um valor pelas vacinas, castração/esterilização, desparasitação, ou entre outras que lhe sejam exigidas.
  • Se o animal ainda não se encontrar esterilizado, o dono deverá de o fazer assim que o animal atinja os 6 meses de idade. O que poderá recorrer a associação para obter desconto na esterilização/castração.
  • Em caso de o adotado não se adaptar, ou a família de adoção não pretender ficar com o adotado, deverá comunicar a associação a pretensão de devolver o animal.

Pode clicar nas fotos para visualizar mais fotos de cada gato (se não tiver fotos peça por email).

Pode contatar diretamente para os seguintes contatos: 919945551

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

 Fusquinha

 

Sexo:Fêmea

Idade aproximada:7 meses

Vacinada / desparasitação:sim

Esterilizada(o): Não

 

 

 

 

 

ADOTADO

Kiko

Sexo:Macho

Idade aproximada:7 meses

Vacinada / desparasitação:Sim

Esterilizada(o): Não

 

 

 

Lucky

Sexo:Macho

Idade aproximada:2 anos

Vacinada(o) / desparasitação:Não

Esterilizada(o):Sim

 

 

Sopas

 Sexo:Fêmea

Idade aproximada:2 anos

Vacinada / desparasitação:Não

Esterilizada(o): sim

 

 

 

Zeca

Sexo:Macho

Idade aproximada:3 anos

Vacinada / desparasitação:Sim

Esterilizada(o):Sim

Fofy / Tobias

Adoção conjunta

Sexo:Fêmea

Idade aproximada:9 anos

Vacinada / desparasitação:Sim

Esterilizada(o): Sim

Sexo:Macho

Idade aproximada:9 anos

Vacinada / desparasitação:Sim

Esterilizada(o): Sim

 

Micha

Sexo:Fêmea

Idade aproximada:2 anos

Vacinada / desparasitação:Sim

Esterilizada(o): Sim

Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa

      A História da Associação Senhores Bichinhos

 

Em 1996, nasce oficialmente a associação Senhores Bichinhos, embora esta já exista desde 1993, com o objetivo claro de substituir o abate pelo controlo do número de animais errantes. Dada a impossibilidade de resgatar todos os abandonados, a associação aposta na aplicação do programa CED (Capturar-Esterilizar-Devolver) como sendo o método mais adequado ao controlo da sobrepopulação animal.

Os primeiros passos da associação deram-se na faixa costeira de Vila Nova de Gaia, zona com imensos animais abandonados e sinalizados por artigos em jornais, onde um grupo de amigos dedicou-se a alimentar cães ali residentes. Rapidamente se chegou à conclusão que se as fêmeas não fossem esterilizadas, em pouco tempo o número de animais multiplicaria, mesmo a acreditar que alguns pudessem ser adotados. Perante isto, decidiu-se esterilizar uma cadela por mês, com dinheiros particulares e explicou-se aos proprietários dos bares que seria importante não deixar de os alimentar, para que permanecessem saudáveis e não se ausentassem do local, reduzindo assim a sua exposição aos demais perigos.

Cerca de 80% das cadelas esterilizadas foram adoptadas, muitas delas por pessoas que já as conheciam e depois de saberem que já não corriam o risco engravidarem.

Para proteger os animais esterilizados, que continuavam na rua, a Senhores Bichinhos teve de oficializar a sua existência, de forma a elaborar protocolos que impedissem a captura e abate destes animais.

A falta de informação e sensibilização para a problemática, dificultaram imenso o trabalho iniciado, mas à medida que este ia sendo divulgado entre a população, os pedidos de ajuda para animais de famílias carenciadas surgiram e as esterilizações a um preço reduzido foram concretizadas, evitando uma possível entrada no canil, destes e de futuras ninhadas.

A Senhores Bichinhos foi crescendo e os eventos que permitiriam angariar fundos e divulgar animais para adopção foram-se proporcionando. Foi das primeiras associações a estar na porta dos hipermercados, a vender canetas e porta-chaves, entre outros artigos. Através das campanhas desenvolvidas, muitas outras pessoas, que recorreram por diversas vezes aos protocolos existentes entre a associação e clínicas privadas para esterilizações a baixo custo, começaram por si só a criar os seus próprios projectos, como foi o caso da Vivanimal e  o Cantinho do Tareco.

 

Atualmente, controlar a sobrepopulação animal, através do programa CED, continua a ser o principal objetivo da associação, juntamente com sensibilização da população para a importância deste programa.

A Senhores Bichinhos aplica o modelo de esterilização dos animais adotados, desde que estes tenham os critérios para tal procedimento, incluindo a vacina e o chip antes de seguirem para a nova família.

A associação ganhou o estatuto de ONG (organização não governamental) e de apoio ao ambiente, também tem apoiado a causa humanitária sendo que muitas famílias que fazem pedidos de ajuda, tem carências económicas a razão principal por muitas destas famílias não não tratarem dos seus animais. A associação tem angariado doações para poder pagar as esterilizações e cuidados de saúde dos animais destas pessoas. 

A associação Senhores Bichinhos ambiciona poder por em prática progetos de ajuda e apoio a nível nacional, como poder garantir que a ajuda chegue a todos, sobretudo a zonas menos desenvolvidas e sensibilizar a população nestas localidades.